Amor e Respeito | IAVB - Igreja Apostólica Vale da Bênção

Amor e Respeito

AMOR e RESPEITO


Texto = Efésios 5:33.

“Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a você mesmo, e a mulher trate o marido com todo o respeito”. 

Introdução:

Deus criou homem e mulher e os uniu, constituindo o primeiro casal. Deus disse, em Gênesis, que eles seriam uma só carne e deveriam se apartar de pai e mãe para terem a sua própria casa e construírem um lar. Também disse que eles deveriam se multiplicar e povoar a terra, ter filhos e formar uma família. A família não foi uma invenção humana, mas uma ideia divina. Na família precisa haver paz e segurança, através do amor e do respeito. Vejamos sobre essas duas palavras: 

1 – Amor.

O amor foi uma orientação de Deus para o homem, como lemos no versículo de Efésios 5:33. Para o homem, não basta ser apenas o provedor do lar nas questões financeiras, ele precisa também, e principalmente, ser o provedor de amor à esposa e, consequentemente, aos filhos. Não se trata de que a mulher não precise amar, pois o amor é nato da mulher. Mas o homem precisa amar de verdade a esposa, os filhos e à família. E mais do que amar, é preciso expressar esse amor de forma clara e com verdade. Quantos casais frustrados por falta de amor. O homem até ama a esposa, mas é grosso, não mede as palavras, fere com suas atitudes... E o resultado são filhos desajustados e inseguros. Quem ama não fere. Quem ama protege. (I Co. 13:4-7). Amar faz bem para o corpo e restaura todo o histórico da alma e da família. Quando amamos, o corpo ganha saúde e a alma ganha restauração; essa é a recompensa do amor. Quem muito ama, pouco adoece. Pessoas odiosas morrem cedo. Quem ama muito pode ter seus dias de vida prolongados.

2 – Respeito.

O respeito foi um requisito de Deus para a mulher em relação ao marido. Quando Deus é Senhor da sua vida, você aprende que precisa respeitar e cumprir o que está escrito na Sua Palavra. (Gn. 2:18). Portanto, buscar dar a Ele o respeito devido e, também, ao seu cônjuge e à sua família. E esse respeito não deve ser forçado, mas em amor e honra. Glória a Deus que sempre nos dá uma oportunidade para sermos d’Ele por completo e para que Ele seja Senhor na nossa vida e na nossa família. Este é um tempo para você deixar Deus voltar a ser Senhor por inteiro na sua vida, na sua casa, no seu casamento e na sua família. O amor e o respeito sempre andam de mãos dadas. E acredite, a maior mentira da história é mostrar respeito sem amor no casamento, pois esse é um respeito mentiroso e contrário ao que Deus ensina na Palavra. (Pv. 31:10-12). Deus é amor e Ele diz para fazermos tudo no Reino com decência e com ordem, e isso inclui a sua família também. (I Jo. 4:8; I Co. 14:40). Tudo que Deus faz na nossa direção, é de verdade; não é de forma fingida, apenas para cumprir rituais humanos. É com muita seriedade. E, infelizmente, temos visto muitas famílias que não cumprem o princípio do amor e respeito sendo destruídas, desfeitas.

Conclusão:

Então, que possamos fazer a nossa parte: Amar e respeitar de verdade, para que as nossas famílias sejam não apenas amadas, mas “fortalecidas no Senhor e na força do Seu poder”. Que sua família seja visitada por amor e respeito, caminhando na cura e promovendo restauração por onde vocês passarem. E que vocês sejam usados para mudar histórias e reconstruir históricos.

Que Deus nos abençoe, 

Ap. Milton Rocha Paes