Napoleão Bonaparte | IAVB - Igreja Apostólica Vale da Bênção

Napoleão Bonaparte

NAPOLEÃO BONAPARTE


Queridos discípulos de um novo tempo, fomos chamados para abençoar e precisamos entender a diferença entre “Inteligentes e Ignorantes”, e nesta reflexão queremos falar sobre esse assunto:

Dizem que Napoleão Bonaparte classificava seus soldados em quatro tipos:

1º os inteligentes com iniciativa;

2º os inteligentes sem iniciativa;

3º os ignorantes sem iniciativa;

4º os ignorantes com iniciativa.


Aos inteligentes com iniciativa, Napoleão dava as funções de comandantes gerais, estrategistas.

Os inteligentes sem iniciativa, Napoleão deixava-os como oficiais para receberem ordens superiores, para cumpri-las com diligência.

Os ignorantes sem iniciativa, Napoleão os colocava na frente da batalha – buchas de canhão, como dizemos.

Os ignorantes com iniciativa, Napoleão os odiava e não os queria em seus exércitos.

Por que Napoleão não aceitava os ignorantes com iniciativa?

Um ignorante com iniciativa é capaz de fazer besteiras enormes e depois dissimuladamente, tentar ocultá-las.

Um ignorante com iniciativa faz o que não deve, fala o que não deve, até envolve-se com quem não deve e depois diz que não sabia.

Um ignorante com iniciativa faz perder boas ideias, bons projetos, bons clientes, bons fornecedores, bons homens públicos.

Um ignorante com iniciativa produz sem qualidade, porque resolve  alterar processos definidos e consagrados.

Um ignorante com iniciativa é, portanto, um grande risco para o desenvolvimento e o progresso de qualquer empresa e governo.

Essas são as razões porque Napoleão não precisa deles, nem os queria.

A Bíblia diz: Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. (Efésios 5:15-17).

Portanto  , sejamos abençoadores de vidas.

Um abraço fraterno,

 

Ap. Milton Rocha Paes