Uma Igreja com Maturidade 4 | IAVB - Igreja Apostólica Vale da Bênção

Uma Igreja com Maturidade 4

Parte – 4 (Final) 

4 – DESENVOLVE-SE COMO UMA COMUNIDADE TERAPÊUTICA.

1º Há discípulos doentes que precisam de Cura – a igreja fica doente.

2º O que faz uma igreja ficar doente?

a) Relacionamentos quebrados – (Amargura e ressentimento: Falar mal). Tiago 4:11. Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz.

b) Problemas desestabilizadores – enfermidade, luto, divórcio, falência, desemprego, reprovação vestibular, término noivado... 

3º Como uma igreja pode ser usada para trazer cura?

a) Sendo uma igreja de Aceitação – Barnabé acolhe a Paulo e João Marcos (At. 9:26-27; 11:22-26; 15:36-39).  

b) Sendo uma igreja que Perdoa – (Cl. 3:13; Lc. 17:3-4). 

c) Sendo uma igreja de Comunhão – A igreja de Jerusalém. (Filipenses 2:3-4). 

d) Sendo uma igreja de Ajuda Mútua – (At 2:44-45; 11:27-30). 

e) Sendo uma igreja sem preconceitos... – (At. 13:1-3; Tg. 2:2-4). 

f) Sendo uma igreja sensível aos visitantes – (Romanos 15:7). 

1º Fale com os visitantes;

2º Sorria para as pessoas – São necessários 72 músculos para franzir o rosto e

apenas 14 para sorrir;

3º Seja amigável e compreensível – quer ter amigos? Seja amigo!

4º Seja cordial – Tenha uma palavra e uma atitude encorajadora.

5º Tenha um interesse sincero pelas pessoas.

6º Seja generoso nos elogios e cauteloso nas críticas.

7º Tenha consideração com os sentimentos das pessoas.

8º Considere a opinião das outras pessoas.

9º Esteja pronto para ouvir.

Conclusão:

Vamos procurar treinar os novos discípulos para serem pessoas integradas e receptivas aos outros. Vamos nos esforçar para fazer a diferença, pois para isso é que fomos chamados... Este é o tempo que o Senhor preparou para nos chamar a responsabilidade e nos mostrar a importância de sermos uma Igreja com Maturidade Espiritual.

 

Ap. Milton Rocha Paes