Bem-Aventurado | IAVB - Igreja Apostólica Vale da Bênção

Bem-Aventurado

Texto = Mateus 5:3-16. (ler o texto todo)

Introdução:

A palavra: “bem-aventurado” se traduz pôr feliz. Na Palavra de Deus, encontramos que não importa qual seja a forma que a pessoa esteja vivendo, se tiver a Cristo em seu coração, esta pessoa será bem aventurado, feliz. No mundo em que vivemos uma pessoa bem aventurada, uma pessoa feliz, é aquela pessoa que tem sucesso, riquezas, fama. Mas na Palavra de Deus, a pessoa feliz é aquela que vive no Senhor e para o Senhor.

 

1 – Bem aventurados são os pobres de espírito.

Mateus 5:3 diz: Bem aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus. Jesus não esta dizendo que são os materialmente pobres que são bem aventurados, mas sim os humildes, já que isso não implica que os pobres sejam humildes, nem que os ricos sejam orgulhosos. Há pobres que são orgulhosos, há ricos que são humildes. Os que são pobres de espírito é que são bem aventurados.

 

2 – Bem aventurados são os que choram.

Mateus 5:4 diz: Bem aventurado os que choram, porque serão consolados. Jesus não esta falando sobre funerais e este tipo de choro. Jesus esta dizendo bem aventurado são os que são sensíveis às necessidades espirituais em si próprios e nos outros, e que choram com relação a isto. (II Cor. 12:21 e Tiago 4:7-10). Será que eu, você, nós, fazemos parte dessas almas sensíveis?

 

3 – Bem aventurados são os mansos.

Mateus 5:5 diz: Bem aventurados os mansos, porque herdarão a terra. Os mansos e não os fracos, é que são bem aventurados. É a atitude que Paulo menciona em Romanos 16:17-19. Herdar significa termos a garantia da nossa porção na terra. É maravilhoso podermos ter a certeza da nossa porção na Herança da Família de Deus.

 

4 – Bem aventurados são os que têm fome e sede de justiça.

Mateus 5:6 diz: Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos. A Bem-Aventurança do Senhor não é para os retos, mas sim para os que têm fome e sede de justiça. Poucos são os que se qualificam para isto. As Bem-Aventuranças do Senhor não tem uma qualificação fácil na parte referente à “fome e sede” da igreja. Devemos ter fome e sede da retidão. (Filipenses 3:7:11).

 

Conclusão:

Na exposição feita por Jesus no Sermão da Montanha, as bem-aventuranças continuam, onde diversos assuntos são mencionados pelo nosso mestre. Deus espera que nos esforcemos para alcançar padrões mais puros. Os que sofrem de acordo com a vontade de Deus deveriam entregar-se ao seu fiel Criador e continuar o seu honroso estilo de vida (I Pedro 4:19). O nosso compromisso para com o Senhor em meio às nossas tribulações pode ser total, Ele é o nosso Criador!

 

Que Deus nos abençoe,

 

Ap. Milton Rocha Paes