Na Medida Certa | IAVB - Igreja Apostólica Vale da Bênção

Na Medida Certa

NA MEDIDA CERTA

 

Texto = Colossences 4:6.

A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um. 

Introdução:

A Bíblia nos mostra que precisamos dar sabor às coisas, mas por etapa e fazer as coisas no tempo de Deus. Muitas pessoas querem receber resposta para todas as coisas, querem saber de tudo; é como se estivessem tentando a Deus ou sendo altivos em conhecimento.

1 – Ouvir Mais e Falar Menos.

Deus tem nos mostrado que precisamos aprender a ouvir mais do que falar. Se Deus quisesse que falássemos muito e ouvíssemos pouco, ele teria nos dado duas bocas e um ouvido. Deus está nos dizendo que devemos ser comedidos e pensar muito antes de falar algo. Precisamos dosar, medir o que falamos, pois pelo muito falar vem as palavras tolas, absurdas e de conflito. A sua boca precisa ter o domínio do Espírito. 

2 – Palavra Temperado com Sal.

A nossa palavra deve ser “temperada com sal”. E, para tanto, precisa-se de uma medida para não ficar tão salgado e nem insosso. E para isso é necessária uma dosagem de sal que não seja demasiada. A Palavra, então, nos adverte da quantidade de sal que comemos, porque podemos pensar que está nos fazendo bem e pode estar nos causando hipertensão. Precisamos compreender a quantidade certa das coisas, pois tudo que o Senhor nos dá é por medida. Quando compreendemos essa verdade temos discernimento, entendimento daquilo que o Senhor dá. O Senhor quer que o nosso entendimento seja plenamente aberto. E, como isso acontecerá? Aprendendo a fazer as coisas na medida certa.

3 – Mais Autenticidade e Menos Exagero.

Há pessoas que exageram no que estão fazendo e acabam estragando tudo, porque não usam a medida certa. A Bíblia está nos mostrando uma receita de equilíbrio. Há pessoas que ao contar uma história, se delongam demais e ainda não conseguem cumprir o propósito. O livro de Mateus, capítulo 5, nos ensina que somos luz e sal. Luz para arrancar as pessoas das trevas e sal para dar sabor. Mas, Se o sal for insípido, como poderá dar sabor? Tudo que formos fazer tem que ter sabor equilibrado, na medida certa. Nada pode ultrapassar os limites que são estipulados, senão, saímos da rota e perdemos a direção. 

4 – Falar Mais de Deus e Menos de Nós.

Para ter sucesso, precisamos aprender a falar menos de nós mesmo e mais de Deus. Quando falamos de nós mesmos, perdemos a dosagem e o equilíbrio.  Quando você der um testemunho, tenha a certeza de que está glorificando ao Senhor. Quem não se deixa ser cuidado e não se permite receber conselhos, nunca terá uma vida equilibrada nem terá o crescimento que espera. Quem não se deixa pastorear, não é ovelha, quem não se deixa discipular, não é discípulo. Para que você receba cura, você precisa deixar que alguém cuide de você. Para isso, é preciso se submeter à glória do Pai, como está escrito em Romanos 8:11. E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

Conclusão:

Você estará tratado quando aprender a falar menos de si e mais de Deus, quando tiver uma linguagem sã, entendimento aberto, discernimento entre o bem e o mal. E, principalmente, quando entender que Jesus é o centro do propósito. Tenha menos de você e mais de Deus, pois convém que você diminua e que Jesus cresça.

 

Ap. Milton Rocha Paes